Ubatuba é contemplada com mais uma ambulância para o SAMU

Ubatuba é contemplada com mais uma ambulância para o SAMU

Em reunião realizada na terça-feira, 10, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, a secretária adjunta de Saúde de Ubatuba, dra. Aparecida Enomoto, recebeu a confirmação de que Ubatuba é um dos municípios contemplados com uma nova ambulância para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – o SAMU 192.

A iniciativa faz parte de ação do Ministério da Saúde com o objetivo de renovar a frota do SAMU para agilizar e modernizar o resgate pré-hospitalar nos municípios. São 340 ambulâncias doadas a municípios de 19 estados brasileiros. Desse total, 204 são completamente novas e 136 são semi-novas, cedidas para operação durante os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016, no Rio de Janeiro.

A nova ambulância é do tipo Suporte Básico de Vida (SBV) e é utilizada no atendimento inicial das vítimas. O veículo é equipado com tala de imobilização, colar cervical, prancha longa, bandagens, ataduras, gazes, entre outros. Com isso, o município passará a contar com um total de seis ambulâncias – cinco de suporte básico e uma de Suporte Avançado de Vida (SAV).

Saiba mais sobre o Samu

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência funciona 24h por dia e tem como objetivo socorrer rapidamente pacientes com necessidade de serem levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e Unidades de Pronto Atendimento (UPA), para atendimentos clínicos, cirúrgicos, obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.

O acionamento do Samu se dá pela ligação gratuita à Central de Regulação de Ocorrências (número 192) que, no Litoral Norte, fica em São Sebastião. A central faz uma escuta qualificada do caso e repassa ao médico regulador, que é quem orienta a pessoa que acionou o 192 sobre o que tem de ser feito.

A partir da avaliação da central é determinado o tipo de ambulância e equipe que será enviado para o atendimento, se básico ou avançado, que pode ser prestado tanto em residências quanto em locais de trabalho e vias públicas.