Poder Executivo

Plataforma educativa capacita pescadores ubatubenses

Plataforma educativa capacita pescadores ubatubenses

A Plataforma Educativa Repsol Sinopec completa cinco anos em 2014 e com apoio da Prefeitura de Ubatuba retoma suas atividades entre 17 de março e 11 de abril na Ilha dos Pescadores, região do Mercado de Peixe, centro.

Iniciativa da companhia em parceria com o Instituto Atlantis, a plataforma tem o objetivo de promover a capacitação profissional da comunidade litorânea e já atendeu mais de 10 mil pessoas em todo Brasil.

Gratuitos, os cursos oferecidos são POP (Pescador Profissional), Mecânica preventiva de motores, Gestão de resíduos de embarcações e Processamento de pescados.

Para fazer sua inscrição, basta ir até a unidade móvel do programa, que funciona das 9 às 17 horas, e fazer a matrícula.

“Estamos muito felizes por continuar oferecendo o curso POP, fundamental para a profissionalização do pescador brasileiro. Não há legado mais importante do que a educação para o desenvolvimento social”, afirma Gabriela Simões, gerente de Relações Externas da Repsol Sinopec.

Além da Marinha, a Plataforma Educativa conta com uma rede de parceiros que inclui a Fundação Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (Fiperj), o SENAI e a fabricante de motores marítimos Yanmar.

Desde 2009, o programa passou por cidades do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo e percorreu cerca de 40 mil quilômetros.

A Plataforma Educativa Repsol Sinopec opera por meio de um sistema itinerante, no qual as aulas são ministradas em uma unidade móvel de 12 metros de comprimento, equipada com computadores e kit multimídia, com capacidade para até 25 alunos por turma.

“Antes das atividades começarem, a Repsol Sinopec e o Instituto Atlantis realizam um trabalho prévio com a população local para levantar as principais demandas da comunidade, de forma que a unidade móvel também possa ser utilizada para atividades paralelas, como campanhas de vacinação, exames de saúde, doação de alimentos e agasalhos, palestras e esclarecimentos diversos à população”, completa Gabriela Simões.

“A importância dessa parceria é no sentido de fortalecer o setor pesqueiro ubatubense e regularizar a situação dos pescadores para cumprirem sua função dentro das garantias legais e dos padrões estabelecidos”, explica Maurici Romeu da Silva, secretário de Agricultura, Pesca e Abastecimento.

/* * VLibras */