Poder Executivo

Comtur apresenta funcionamento de sistema de gestão de fretamentos turismo em Ubatuba

Comtur apresenta funcionamento de sistema de gestão de fretamentos turismo em Ubatuba

A Companhia Municipal de Turismo (Comtur) de Ubatuba realizou na noite de quinta-feira, 18, uma apresentação sobre o Sistema de Gestão de Fretamentos (SGF) e emissão de senhas de entrada de vans e ônibus de turismo na cidade.

O evento aconteceu no Teatro Municipal de Ubatuba e atendeu a uma solicitação feita pelos membros do Ubatuba Convention & Visitor’s Bureau, associação que reúne empresários de diferentes segmentos relacionados ao turismo, como meios de hospedagem, alimentação, agências de turismo, entre outros.

O SGF é um sistema online que permite a gestão do fluxo de turismo rodoviário, a organização dos prestadores de serviço e o controle do fluxo de visitantes nas vias públicas e nos atrativos, além de gerar receitas para empresas de Ubatuba e recursos para investimento no turismo do município.

A equipe da Comtur fez adequações no uso da ferramenta de modo a coibir fraudes internas, como cadastros irregulares, e externas, como vendas de senhas. Até 15 de janeiro de 2021, havia 5.238 usuários cadastrados no SGF e habilitados a solicitar acesso de visita à cidade, dos quais 329 são prestadores de serviço, entre meios de hospedagem, agências de turismo e estacionamentos. Desde maio de 2019 até a data de 15 janeiro de 2021, foram emitidas 5.068 senhas de entrada, correspondendo a um total de R$ 2.033.660 arrecadados. Ainda em janeiro deste ano, a Comtur iniciou um recadastramento obrigatório de todos os usuários, com exigência de documentos como contrato social, cartão de CNPJ, inscrição estadual, Cadastrur, alvará municipal e AVCB.

Claudinei Bernardes, diretor de Turismo da Comtur, destacou que o SGF é uma ferramenta que ajuda a fomentar o mercado formal de turismo, gerando receita para empresas da cidade, combatendo as iniciativas ilegais, informais e imorais e organizando o fluxo de arrecadação: “Além disso, o sistema fornece dados estatísticos que facilitam o controle e conservação dos atrativos e dão transparência e publicidade às ações”.

“Nós precisamos organizar o turismo em Ubatuba e isso depende de toda a cidade respeitar as regras estabelecidas pela legislação, como, por exemplo, normas sanitárias, laudo do Corpo de Bombeiros e alvará de funcionamento”, destacou a prefeita de Ubatuba, Flavia Pascoal.

Os participantes também debateram perspectivas para o futuro da Comtur e expectativas dos empresários do ramo de turismo para Ubatuba. Uma das preocupações levantadas foi com a gestão do Teatro Municipal, que é vinculado à Comtur, e exige investimentos altos para manutenção, principalmente de água, energia elétrica, limpeza e manutenção.

Além da equipe da Comtur e da prefeita Flavia, o encontro contou com a participação do vice-prefeito, Marcio Maciel, e dos vereadores Jorge Ribeiro (Jorginho), Vantuil dos Santos Mascarenhas (Ita), Adão Pereira e José Roberto Monteiro Júnior (Júnior JR).