Secretaria de Saúde e Santa Casa capacitam médicos sobre integração digital

Secretaria de Saúde e Santa Casa capacitam médicos sobre integração digital

A secretaria de Saúde de Ubatuba, em parceria com a Santa Casa, realizou na tarde de sexta-feira, 8, o treinamento de cerca de 20 médicos das equipes de Estratégia de Saúde da Família (ESF) da rede municipal sobre a integração digital de serviços de saúde oferecidos pelo hospital. Os profissionais receberam orientações, bem como usuário e senha que permitem acessar pela internet, desde os postos de saúde, as imagens dos exames de raio-X feitos pelos pacientes.

O sistema permite que os médicos visualizem o resultado do raio-X praticamente em tempo real, poucos minutos após o exame ter sido realizado. Neste momento, por enquanto, somente as imagens estão disponíveis para baixar e salvar como imagem ou PDF ou, ainda, serem impressas. As equipes de Tecnologia da Informação da Santa Casa e da secretaria de Saúde trabalham para que em breve também o laudo seja disponibilizado.

“Quando o sistema estiver completo, com laudo, o paciente não precisará mais se deslocar até a Santa Casa para retirar os exames e o tempo de diagnóstico será reduzido”, informa a médica Dilei de Brito Nascimento, secretária de Saúde de Ubatuba. “Somos um corpo só a favor da população de Ubatuba”, acrescentou Roberto Tamura, atual administrador da Santa Casa.

Unidades de saúde conectadas

Os membros das equipes de TI explicaram que a integração dos sistemas da Santa Casa e da secretaria de Saúde é resultado de anos de trabalho que envolveu a interligação de prédios públicos pela estrutura de fibra ótica do município, os ajustes do software de diagnóstico de imagens utilizado na Santa Casa, a organização dos aspectos de segurança dos dados com a geração de nomes de usuários (logins) e senhas pessoais para cada médico e instalação de computadores e de internet nos postos de saúde.

Atualmente, já há 22 postos de saúde em Ubatuba com acesso à internet:

  • Corcovado
  • Estufa I
  • Estufa II
  • Estufa II-A
  • Horto
  • Ipiranguinha
  • Itaguá
  • Itamambuca
  • Jardim Carolina
  • Lagoinha
  • Marafunda
  • Maranduba
  • Perequê-Açu
  • Perequê-Mirim
  • Picinguaba
  • Puruba
  • Saco da Ribeira
  • Sertão da Quina
  • Sertão do Ubatumirim
  • Sesmarias
  • Tabatinga
  • Taquaral

No caso dos postos da Almada, Araribá, Camburi, Fortaleza, Praia Dura e Rio Escuro, a equipe de TI ainda estuda alternativas já que o serviço não é oferecido pelas provedoras de internet e a opção via satélite representa custos muito elevados para o município.

Recentemente, no início de fevereiro, a internet via satélite, sem custos para o município, foi ativada nos postos do Corcovado, Puruba, Sertão do Ubatumirim e Tabatinga como resultado de um esforço da secretaria de Saúde por meio do programa de inclusão digital federal chamado GESAC –  Governo Eletrônico – Serviço de Atendimento ao Cidadão.

A integração com a internet também proporcionará mais condições para que as equipes de ESF preencham o sistema E-SUS, que fornece dados sobre a quantidade e os tipos atendimentos realizados em cada unidade de saúde do município. “O registro sistemático das informações de Ubatuba possibilita que os recursos cheguem ao município e que o cuidado do paciente melhore”, destacou a secretária de Saúde.