Poder Executivo

Projeto que concede reajuste de 8,79% a servidores é aprovado

Projeto que concede reajuste de 8,79% a servidores é aprovado

Os servidores municipais efetivos e comissionados terão seus salários reajustados a partir de 1º de fevereiro de 2017 em 8,79%, conforme projeto de lei do Executivo Municipal que foi aprovado na sessão da Câmara Municipal realizada na terça-feira, 14.

O projeto também manteve a concessão do abono salarial instituído pela Lei Municipal n. 2.315, de 19 de fevereiro de 2003, pago mensalmente aos servidos ativos e inativos e que varia conforme referência salarial.

Na justificativa do projeto, a Secretaria de Administração da Prefeitura de Ubatuba informa que o valor definido está de acordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal, que impôs muitos limites e regras em relação à política salarial dos municípios.

A aprovação do projeto atendeu às expectativas do Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública de Ubatuba (SINDTAPU). “Havíamos solicitado à atual gestão o reajuste pelo IGPM e um pouco mais, para diminuir perdas de outros anos”, explica Sandra da Silva, presidenta do sindicato. “Foi mais uma conquista para os trabalhadores”, finaliza.

“Apesar das dificuldades fizemos este esforço para apoiar os servidores. Agentes políticos ficarão abaixo do reajuste. Continuaremos trabalhando, com transparência e respeito, pela valorização de nossos servidores”, afirmou o prefeito de Ubatuba, Délcio Sato (PSD).

Agentes políticos

A mesma sessão também aprovou o Projeto de Lei n. 05/17, de iniciativa da Câmara Municipal, que prevê o reajuste de 7,19% no subsídio dos seguintes agentes políticos: chefe do Gabinete do Prefeito, chefe de governo, secretários municipais, assessores e ouvidor geral.

 

Funcionario