Poder Executivo

EM Tancredo realiza XXII Semana Técnica

EM Tancredo realiza XXII Semana Técnica

A última semana foi movimentada na EM Presidente Tancredo de Almeida Neves. A escola promoveu a XXII Semana Técnica – um evento tradicional e que já faz parte do calendário anual da unidade, cujo objetivo é proporcionar aos alunos dos cursos médio e pós-médio a oportunidade de ter acesso a temas e assuntos que complementam sua formação técnica. Este ano, a iniciativa girou em torno do tema “As consequências das mudanças sócio-políticas-econômicas”.

A palestra de abertura aconteceu na segunda-feira, com o Juiz do Trabalho, Dr. Luís Fernando Lupato. Já na terça e quarta-feira, foram oferecidas oficinas, rodas de conversa e mini- cursos dentro da temática da semana, totalizando 18 palestras e workshops, contando com a participação de instituições, como a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e profissionais de diversas áreas, como por exemplo, oficina sobre eletrônica, ministrada por Cristiane Jade;

oficinas sobre profissões do futuro e “internet das coisas”, com Álvaro Gonçalves; hacks da vida pós-colégio/ mercado de trabalho e empreendedorismo, com Lucas Demo;

Marketing Digital com Márcio Bittar e a participação de duas psicólogas: Cecília Gracioso, falando sobre orientação vocacional e Márcia Coin, sobre as ansiedades da modernidade.

Na quinta-feira, os alunos dos terceiros anos dos cursos de ensino médio integrado aos técnicos em administração e contabilidade apresentaram o resultado de um trabalho na área de empreendedorismo, sob a orientação da professora Lívia Márcia Amaral. A exposição contou com a presença de 45 alunos da Etec Paula Souza. A Semana foi finalizada com um coquetel de confraternização na sexta-feira, 30.

Para a coordenadora pedagógica do Ensino Médio e Pós Médio do Tancredo, Lúcia Muniz de Souza, o balanço foi positivo. “Acredito que como os temas discutidos, principalmente nas oficinas, foram atuais e estão presentes no cotidiano dos alunos, a participação foi boa e pôde agregar valor a eles, sendo útil para a formação não só acadêmica, mas contribuindo na ampliação dos horizontes e visão de mundo”, comemorou.

Funcionario