Feira na Praça une agroecologia, economia solidária e cultura

Feira na Praça une agroecologia, economia solidária e cultura

O Conselho Municipal de Economia Solidária de Ubatuba, os setoriais de Artesanato e Artes Plásticas e Visuais da Fundação de Arte e Cultura (Fundart) e a Rede Agroecológica Caiçara organizam neste sábado, 10, das 11 às 17 horas, na praça Treze de Maio.

O evento “Feira na Praça” tem o apoio da Prefeitura de Ubatuba e une cultura, economia solidária e agroecologia. Haverá exposição e venda de artesanato, artes plásticas, comidas artesanais, agroecológicas, mudas, produtos naturais, brechó, troca de livros e objetos.

A programação tem ainda apresentações de música, teatro, intervenção literária, roda de conversa, oficina de música e de artesanato. Confira:

11h às 13h • OFICINA DE BORDADO

Nossas plantas bordadas: As artesãs Ana Bedoya e Esther Vital se encontram com a também artesã e conhecedora da medicina natural, Dona Beth, para uma oficina aberta de resgate de saberes das plantas e suas propriedades, aplicadas em técnicas de bordados, arpilleras e crochet.

12h • INTERVENÇÃO POÉTICA

Todo dia é dia de poetizar: A artista e coordenadora do Grupo Setorial de Literatura da FundArt, Luanna Mello, fará uma intervenção criando poesias a partir da história contada por quem quiser interagir artisticamente com a autora.

13h às 14h • OFICINA DE PANDEIRO

Ao som do pandeiro: O músico e educador Leandro Lisi convida as/os interessadas/os em descobrir os ritmos brasileiros no pandeiro, como o samba e o forró, a participarem dessa oficina de introdução ao instrumento.

14h • RODA DE CHORO

Clube do Choro de Ubatuba: com Pierre Jucá, Rafael Barbosa, Valdecy dos Santos e músicos convidados.

15h às 16h • RODA DE CONVERSA

A economia das trabalhadoras e trabalhadores: As educadoras e representantes do Conselho Municipal de Economia Solidária de Ubatuba, Bethânia Souza e Sabrina da Silva Pedrosa, convidam para uma conversa sobre a Ecosol e o Comércio Justo e Solidário.

16h • TEATRO DE RUA

O Coletivo de Teatro Na Contramão (Taubaté-SP).“O Mito de Sísifo”: Entre divindades tirânicas, cínicas e violentas, mulheres poderosas e outras que não sabem o poder que tem, Sísifo, o mais astuto de todos os mortais, tenta enganar os deuses e driblar a morte enquanto luta pelos direitos dos trabalhadores explorados e lida com seus problemas familiares. Certamente um grande herói! Ou será que não?