Poder Executivo

Projeto Onda Sustentável realiza capacitação de monitores

Projeto Onda Sustentável realiza capacitação de monitores
Durante a segunda quinzena do mês de setembro, cerca de 52 pessoas participaram de três encontros de capacitação para monitoria do projeto Onda Sustentável + PSA Mar sem Lixo
Os participantes da capacitação foram formados para atuarem como monitores, multiplicando o Onda Sustentável, por meio do Projeto Mar sem Lixo, que veio potencializar trabalhos e iniciativas existentes relativas à temática do Lixo no Mar
Estiveram presentes professores e coordenação da EM Professor Ernesmar de Oliveira, agentes ambientais do Projeto de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Mar sem Lixo de Ubatuba, Cananéia e Itanhaém, monitores Ambientais das Unidades de Conservação da Fundação Florestal (APA Marinha Litoral Sul, APA Marinha Litoral Centro, APA Marinha Litoral Norte, PE Ilha Anchieta, PE Ilha do Cardoso, PE Lagamar de Cananeia, PE Serra do Mar Núcleo Picinguaba), representantes da Marina Kauai, da Cooperativa de Reciclagem Coco e Cia e da Prefeitura de Ubatuba por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Pesca e Agricultura.
De acordo com os responsáveis pelo projeto, a iniciativa compreende diversas fases entre planejamento, formação e desenvolvimento das atividades de educação ambiental com foco nos professores e alunos do quinto ano.
O Projeto Onda Sustentável foi elaborado pela equipe do Parque Estadual Ilha Anchieta e a Marina Kauai no âmbito do Comitê Gestor do Programa Bandeira Azul da Marina Kauai e teve sua primeira edição em 2019 proporcionando uma aproximação do município com Unidades de Conservação e problemáticas ambientais. Seu intuito é de conscientização acerca dos hábitos de consumo para assim alcançar uma maior responsabilidade social e ecológica.
A segunda edição do Onda Sustentável que acontece agora conta com a articulação em parceria com o Projeto PSA Mar Sem Lixo da Fundação Florestal e ocorrerá em Ubatuba na Escola Municipal Professor Ernesmar de Oliveira. Mas a ideia é que os monitores de outras Unidades de Conservação da Fundação Florestal possam replicar o projeto em Itanhaém e Cananéia, em parceria com as Prefeituras destes municípios, que integram o Projeto Mar sem Lixo da Fundação Florestal. Os monitores são responsáveis por desenvolverem as atividades na escola e saídas de campo. O objetivo das atividades é a promoção do diálogo e a colaboração de todas essas instituições do poder público e da sociedade civil em prol de um objetivo comum que é trabalhar as temáticas do ‘Lixo nos mares’, ‘Destinação de resíduos’ e ‘Consumo consciente’.
Além de incentivar a busca de soluções para problemas ambientais, o projeto vai ao encontro dos Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU visando garantir padrões de produção e de consumo sustentáveis e a conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.
A capacitação aconteceu em três etapas:
1ª parte – online com monitores e professores, que aconteceu no dia 22 de setembro;
2ª parte – presencial na EM Ernesmar de Oliveira com monitores e professores, no dia 29 de setembro;

3ª parte – presencial no Parque Estadual da Ilha Anchieta com monitores no dia 30 de setembro.

/* * VLibras */