Prefeito de Ubatuba faz balanço dos 500 dias de Governo

Prefeito de Ubatuba faz balanço dos 500 dias de Governo

Cerca de 500 pessoas mararam presença no Teatro Municipal de Ubatuba na noite de segunda-feira, 21, para conferir uma apresentação sobre os primeiros 500 dias do Governo Sato.

A prestação de contas contou com a presença dos secretários municipais e adjuntos, vereadores, autoridades, servidores municipais e população, que foram contemplados com apresentações musicais, como um duo da Banda Lira e a participação do cantor Sandro Bacellar. Também foi exibido um vídeo que compilou as ações desenvolvidas por todos os setores da administração – com os resultados alcançados e projetos que estão em andamento.

Em suas palavras, o vice-prefeito e secretário de Cidadania e Desenvolvimento Social, Jurandir de Oliveira Veloso “Pelé”, agradeceu ao prefeito por essas 12 mil horas de trabalho que, segundo ele, foram marcados por muito desafio e muito trabalho.

“Um dos maiores prêmios que você pode receber no trabalho é a consciência de que você está dando o seu melhor”, afirmou.

O presidente da Câmara, Silvinho Brandão, destacou o bom relacionamento entre os poderes executivo e legislativo em Ubatuba, concedendo esse mérito ao prefeito e seu vice, cuja credibilidade também vem conquistando o apoio da iniciativa privada e empresários para que parcerias aconteçam em prol da melhoria da cidade.

Em suas palavras, o prefeito Délcio Sato (PSD) agradeceu a cada um, convidando todos a ver a construção de um futuro melhor para a cidade e salientando que todo o trabalho é resultado dos esforços de toda uma equipe, que conta com o apoio da Câmara Muncipal – por isso, ele fez questão de convidar todos os representantes do Legislativo presentes para subir ao palco.

“Ser prefeito, hoje, é muito difícil. Estamos vivendo um momento de crise no Brasil. Além disso, pegamos a cidade em uma situação complicada, mas estamos conseguindo superar e promover uma gestão com seriedade, nos fazendo presentes em todas as regiões e áreas do município”, comentou.

Ele ainda acrescentou que, hoje, Ubatuba é referência política e administrativa para outras localidades do estado e do país e comentou que, apesar de gerar uma certa polêmica, diante de medidas como a Taxa de Preservação Ambiental e Lei Cama e Café, reforçou que elas são necessárias.

“Estamos ajustando a legislação para beneficiar o povo da cidade de Ubatuba. Se não tomarmos providências, a cidade vai crescer de forma desordenada e não terá mais volta”, concluiu.