Poder Executivo

Simulação de resgate com vítima finaliza Maio Amarelo em Ubatuba

Simulação de resgate com vítima finaliza Maio Amarelo em Ubatuba

Um veículo atingido por colisão frontal e uma vítima presa nas ferragens: esse foi o cenário ideal criado para a simulação que encerrou a Campanha do maio Amarelo em Ubatuba, que visa a conscientização da prevenção de acidentes.

A ação foi realizada na tarde de terça-feira, 31 de maio, em conjunto com o Corpo de Bombeiros e aconteceu em frente a Feira de Artesanato, na avenida Iperoig – local em que foram seguidos todos os passos de um resgate, iniciando pela chegada da viatura.

O comandante da Corporação, Subtenente Carlos Victor, explicou que o procedimento é executado em quatro passos: preparação de segurança, estabilização, acesso e desencarceramento e a retirada da vítima para transporte.

“A ação é importante para as pessoas entenderem o risco, a gravidade de uma situação em que a pessoa está presa nas ferragens, e como é feito o procedimento”, acrescentou.

Segundo o responsável pelas iniciativas de Educação no Trânsito no município, Vinícius Brito, a ideia de promover o simulado foi do secretário adjunto de Segurança Pública, Alexandre Napoli, que é bombeiro, no intuito de mostrar para os alunos das escolas, que não compareceram devido á chuva, e para as pessoas o quão importante é a atuação do Corpo de Bombeiros em casos de acidente.

“Infelizmente, temos muitos casos de acidentes de trânsito. Essa simulação visa a conscientização e sensibilização pois, quando as pessoas passam pelo local do suposto acidente já ficam alertas, é algo que chama a atenção. É uma maneira mais impactante, porque a pessoa está vivenciando aquilo”, destacou.

Maio Amarelo

A programação do maio Amarelo em Ubatuba foi extensa e contou com várias ações, como blitz, palestras e ações educativas. Brito ainda compartilhou que a prefeita Flavia Pascoal solicitou que a Diretoria de Trânsito desenvolvesse uma Campanha Educativa em alusão ao Maio Amarelo.

No último dia da ação, Brito avaliou o resultado como positivo e frisou que é um trabalho contínuo durante todo o ano.

“A gente sabe que o trabalho de Educação para o Trânsito é um trabalho de ‘formiguinha’. A gente realiza ações perenes, como a Educação para o Trânsito nas Escolas, as Blitz, as ações da Campanha “pé na Faixa, Pé no Freio’, além da Semana Nacional de Trânsito e o Maio Amarelo, que são campanhas pontuais”, comentou Brito. Ele também ressaltou a importância da ação visando a redução do número de acidentes, com o objetivo que as estatísticas sejam zeradas.

Índices

Segundo a Diretoria de Trânsito de Ubatuba, o maior índice de registro de acidentes na cidade é dos que possuem envolvimento com motocicletas. Em 2021, Ubatuba registrou 556 acidentes não-fatais – delas, 196 ocorrências foram com motos, 180 com carros e 45 com bicicletas.

Já sobre os registros com vítimas fatais, foram registrados 18 sinistros (acidentes) sendo que desse total, apenas três ocorreram em circunscrição municipal – os demais se deram em áreas de domínio estadual e federal (rodovias).

/* * VLibras */