Poder Executivo

Agricultores familiares são orgulho de Ubatuba

Agricultores familiares são orgulho de Ubatuba

A Secretaria Municipal de Comunicação Social lança a partir desta segunda-feira (13/4) uma série de reportagens sobre os agricultores familiares ubatubenses que desde 2013 vem enviando seus produtos para as merendas das escolas da rede municipal de ensino da cidade.

O primeiro produtor a receber a visita da equipe da pasta foi o Sr. Luciano Seiti, dono de uma fazenda localizada no Monte Valério, região sul da cidade, que produz legumes e hortaliças.

Luciano é nascido e criado no município, tem a agricultura como paixão e sente orgulho em ver seus produtos nas merendas das escolas e nos pratos da criançada.

Por isso, tenta sempre aprender cada vez mais com cursos que aperfeiçoam suas técnicas de plantio. “Para fornecer o que produzo para as escolas, é necessário mais cuidado e muita atenção”, diz o agricultor.

Sua fazenda tem mais de 40 anos e hoje abriga seus parentes, que também trabalham na plantação, em um típico ambiente de agricultura familiar.

“A agricultura familiar é fundamental. São produtos como os nossos que levam comida para a mesa dos trabalhadores brasileiros e quase ninguém reconhece. Me sinto muito feliz por ser reconhecido aqui em Ubatuba”, afirma o agricultor.

Agricultura Familiar

Nos dois primeiros anos da gestão do prefeito Mauricio, o valor investido pela prefeitura de Ubatuba na agricultura familiar local saltou de R$ 30 mil para cerca de R$ 1 milhão.

O esforço da articulação entre as Secretarias Municipais de Educação e Agricultura e Pesca, do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, da Casa da Agricultura e do IPEMA (Instituto de Permacultura e Ecovilas da Mata Atlântica) tem o objetivo de fazer cumprir a Lei Federal 11.947, bem como oferecer uma alimentação de qualidade para os estudantes ubatubenses.

Pela lei, pelo menos 30% dos produtos adquiridos para alimentar os alunos com os recursos do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) devem vir da agricultura familiar.

De acordo com Maurici Romeu, a iniciativa segue de vento em popa em 2015, mas os números exatos ainda não saíram.

“Não só vamos manter o projeto em andamento como nossa meta é buscar a ampliação desses números. Informaremos a população assim que fecharmos os valores exatos. Estamos muito orgulhosos de nossos produtores e agradecemos cada um dos profissionais envolvidos na iniciativa, que já é referência para as cidades da região”, comemora Romeu.

Clique aqui e confira a reportagem do Programa Planeta Vanguarda sobre a agricultura familiar em Ubatuba.

Funcionario
/* * VLibras */