Poder Executivo

Farmácia Municipal distribui medicamentos para cerca de 250 pessoas por dia

Farmácia Municipal distribui medicamentos para cerca de 250 pessoas por dia

Cerca de 250 pessoas passam todos os dias pela Farmácia Municipal de Ubatuba, que funciona na av. Rio Grande do Sul, nº 710, das 8 às 17 horas, de segunda a sexta, e fornece medicamentos de maneira regular e gratuita para pacientes acompanhados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Esse número sobe para cerca de 350 atendimentos/dia ao se considerar também o trabalho realizado pelas farmácias do Ambulatório de Infectologia e do CAPS – Centro de Atenção Psicossocial. No total, cerca de 8.000 ubatubenses são beneficiados mensalmente com a política de assistência farmacêutica. Somente em 2015, os investimentos da Prefeitura de Ubatuba em compra de medicamentos chegaram a quase 1 milhão de reais.

A expansão do atendimento farmacêutico à população foi possível graças à ampliação da REMUME – Relação Municipal de Medicamentos, realizada a partir de 2013. A lista é elaborada a partir da Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename), que reúne os medicamentos de atendimento às necessidades de saúde prioritárias da população brasileira.

As ampliações feitas na REMUME após 2013 incluem, por exemplo, mais tipos de antibióticos, o que permite tratar diferentes infecções, além de analgésicos. A lista contém ainda antiinflamatórios, medicamentos para tratamento de doenças respiratórias como asma, bronquite e rinite, doenças cardiovasculares, hormônios da tireoide, contraceptivos, entre outros medicamentos de uso contínuo.

A assistência farmacêutica municipal também distribui os medicamentos fornecidos pelos programas de responsabilidade estadual, como o Dose Certa, administrado pela FURP – Fundação para o Remédio Popular. Esses medicamentos incluem as insulinas, como a NPH.

A Secretaria Municipal de Saúde atende ainda cerca de 900 pacientes que recebem tratamento com medicamentos de alto custo e controlados de diferentes tipos. Esses medicamentos são distribuídos entre os dias 17 e 24 de cada mês e exigem acompanhamento rigoroso da unidade de saúde.

Tratamentos especializados e controlados

O Ambulatório de Infectologia trata doenças como HIV-Aids, hepatites virais (B e C), tuberculose, esquistossomose, hanseníase, meningite, leishmaniose e lúpus. A equipe multi-profissional contratada pelo município faz o acompanhamento regular de cerca de 1.500 pacientes. Os kits de medicamentos distribuídos são fornecidos pelos programas do governo estadual.

Todo o acompanhamento é feito na mesma unidade, desde a consulta até a coleta de exames, o que evita que os pacientes se exponham desnecessariamente, reduz o abandono de tratamento e fortalece o vínculo social. O Ambulatório de Infectologia também realiza testagem rápida para o HIV. Seu endereço é: rua Antonio Silva Ballio, 44 – Silop. Tel. (12) 3832-5353.

Já o CAPS faz o atendimento de urgência a pacientes com transtornos mentais diversos que necessitam de medicamentos controlados. Quando estabilizados, os pacientes são acompanhados via unidade básica de saúde. A equipe conta com profissionais de psicologia, psiquiatria, enfermagem, assistência social e terapia ocupacional, além da farmácia, que atende uma média de 120 pacientes por dia. O CAPS se localiza na rua Cunhambebe, 786 – Centro. Tel. (12) 3832-7206.

20160310_151626 20160310_144505

 

Funcionario
/* * VLibras */