Poder Executivo

Segunda edição do Flisol Ubatuba reúne estudantes e ativistas de tecnologia

Segunda edição do Flisol Ubatuba reúne estudantes e ativistas de tecnologia

Realizado de forma anual em diferentes cidades do Brasil e da América Latina de forma simultânea desde 2005, o Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre aconteceu no dia 25 de abril na sede da Unitau, bairro do Itaguá, região central de Ubatuba.
 
Sua segunda edição na cidade contou com a participação de ativistas de tecnologias livres e estudantes de escolas técnicas locais e de Caraguatatuba.
 
Oficinas de Blender (software de modelagem 3D de código aberto) e Arduíno (plataforma de prototipagem eletrônica de hardware livre), uma demonstração de Live Coding (modelo colaborativo para o desenvolvimento de aplicações) e uma apresentação de aplicativos livres utilizados na administração municipal, como Bootstrap, FreeNAS e WordPress foram apresentados aos estudantes.
 
Secretário Municipal de Tecnologia da Informação, Pedro Seno afirma que o Flisol já tem uma agenda permanente durante esta gestão.
 
“O Flisol já é parte de um ciclo de eventos relacionados à área de TI e Educação em Ubatuba. Estamos planejando uma programação interessante para o segundo semestre e pretendemos fazer um Flisol em 2016 que abranja todos os municípios do litoral norte”, comentou Seno.
 
Coordenador da ETEC, Álvaro Gonçalves diz que a formação dos jovens e o conhecimento diversificado de software livre faz toda a diferença quando o assunto é tecnologia da informação.
 
“Esses meninos e meninas que se interessam por TI têm todo o direito de aprender e desenvolver seus conhecimentos da melhor maneira. Por aqui incentivamos e aprimoramos esses jovens com o Software Livre. Acreditamos que eles não devem ficar “presos” apenas aos que são impostos a eles”, explicita Gonçalves.

Funcionario