Poder Executivo

Comitê de Gerenciamento avalia situação da Covid em Ubatuba

Comitê de Gerenciamento avalia situação da Covid em Ubatuba

No encontro desta quinta-feira (20) do Comitê de Gerenciamento de Crise frente à Covid-19 do município foram apresentados os números de atendimentos na cidade e um panorama da Santa Casa de Ubatuba, que precisou fazer adequações para atender os casos de coronavírus e a alta demanda de turistas que estão na cidade.

Mesmo com o quadro de colaboradores limitado, a Santa Casa precisou aumentar o número de leitos para pacientes de Covid-19, passando de 12 para 21 leitos de enfermaria, exclusivos para casos de Covid e síndrome respiratória, e mantendo mais 5 vagas de UTI (Unidade de Terapia Intensiva Respiratória). Outras medidas foram necessárias para conter o avanço do coronavírus e priorizar os atendimentos mais urgentes, como a paralisação das cirurgias eletivas realizadas no Hospital e a interrupção do horário de visitas.

Desde o último dia 10, o boletim médico de cada paciente internado é feito diariamente por telefone a um familiar cadastrado. Os dados informados pelo diretor assistencial da Santa Casa, enfermeiro Luiz Fernando Cruz, mostram ainda que o hospital está atendendo com 100% da capacidade de leitos.

O afastamento de dezenas de profissionais por conta do isolamento necessário para a recuperação da Covid é uma preocupação para a continuidade de diversos atendimentos no município, principalmente na área da saúde. Em muitos casos, a substituição do funcionário não é possível e alguns serviços enfrentam lentidão e até suspensão das atividades.

Sobre os atendimentos dos postos de saúde, somente entre os dias 11 e 18 deste mês, foram atendidas 2.552 pessoas com síndrome gripal na Estratégia Saúde da Família (ESF). Com a realização dos testes rápidos de Covid, centenas de casos foram confirmados. Durante a reunião, as equipes de coordenação da saúde ressaltaram a exaustão dos profissionais da linha de frente do combate ao coronavírus e, mais uma vez, solicitaram o apoio de todos para reduzir a transmissão do vírus.

A vacinação infantil também foi pauta da reunião, com análises para expandir a imunização de crianças. Como medidas de prevenção, o Comitê também voltou a analisar a realização de eventos no município e a exigência do comprovante de vacinação da Covid. O grupo aguarda um parecer do departamento jurídico para concretizar as ações.

/* * VLibras */