Poder Executivo

Flavia Pascoal solicita ao governador construção da sede própria da Etec

Flavia Pascoal solicita ao governador construção da sede própria da Etec

Com mais de 10 anos de atuação em Ubatuba e cerca de 140 alunos, a Etec – Escola Técnica do Centro Paula Souza – está muito perto de conquistar uma sede própria para abrigar os estudantes, professores e setor administrativo. A prefeita Flavia Pascoal aproveitou a visita do governador em exercício, Rodrigo Garcia, para a inauguração do Poupatempo de Ubatuba nesta quarta-feira, dia 22, para reforçar o pedido de verba para a construção de um prédio para a Etec.

“A sede própria é um sonho de mais de uma década. Nesse período, várias promessas não se concretizaram e agora volto a lutar por essa construção, pois a educação é a base da sociedade. Precisamos capacitar nossos jovens e adultos com formação e profissionalização de qualidade e a Etec tem know-how e oferece vários cursos extremamente importantes para a cidade”, ressaltou a prefeita que já realizou diversas reuniões com dirigentes da Escola Técnica e com o deputado estadual André do Prado para viabilizar a verba necessária junto ao governo estadual.

Com a presença do governador interino em Ubatuba, Flavia Pascoal reforçou o pedido diretamente a Rodrigo Garcia. “Reafirmo nosso pedido da construção dessa importante obra para profissionalizar jovens e adultos para o mercado de trabalho, como uma medida essencial até mesmo para a retomada da economia. Gostaríamos de ver aqui cursos de enfermagem e de mecânica náutica e estamos trabalhando e lutando para isso. Estamos tendo muitas respostas positivas e acredito ser o caminho certo”.

O governador falou sobre a expansão das Etecs e sobre o modelo de ensino que deseja implantar na cidade. “As escolas técnicas estão se expandindo rapidamente e, hoje, a pandemia mostrou que a gente pode fazer ensino online com várias estratégias para aumentar o número de alunos. Se tínhamos 50 mil estudantes que faziam ensino integrado, Etec e ensino regular junto, hoje nós temos 200 mil que são alunos que podem entrar no colegial e escolher os dois currículos. Precisaremos ver aqui em Ubatuba com a diretoria de ensino onde a gente faz a Etec e como ela se integra com o ensino regular. Nosso sonho é que todo o segundo grau de São Paulo seja técnico e regular e o Novo Ensino Médio permite isso e eu quero que Ubatuba já venha com esse novo modelo”, declarou Rodrigo Garcia.

Atualmente, a Escola Técnica de Ubatuba funciona como uma classe descentralizada da Etec de Caraguatatuba, utilizando as instalações da Escola Municipal Padre José de Anchieta, no bairro Sumaré. São oferecidos cursos técnicos em Administração, Recursos Humanos I e II, Nutrição, Transações Imobiliárias e Turismo Receptivo.

De acordo com o assessor técnico do Centro Paula Souza, Aguinaldo Garcez, que tem atuado nas reuniões com a prefeita Flavia Pascoal, a concretização do prédio próprio oferecerá mudanças significativas para a unidade de Ubatuba. “Com a construção do imóvel, a Etec ganha autonomia e passa a ser unidade nova do Centro Paula Souza e não mais uma classe descentralizada”. O assessor informou ainda que o grupo que está à frente das negociações já visitou algumas áreas na cidade e que o terreno para a construção do prédio já foi escolhido e depende agora dos trâmites de documentação.

/* * VLibras */