Poder Executivo

Ubatuba registra dois casos de Chikungunya na região sul do município

Ubatuba registra dois casos de Chikungunya na região sul do município

O boletim de arboviroses da Vigilância Epidemiológica (Viep) de Ubatuba informa que o município registrou este mês dois casos positivos de Chikungunya – doença viral transmitida pela picada de mosquitos do gênero Aedes, entre eles o mesmo transmissor da dengue e Zika. Os casos confirmados são de um morador do bairro Rio Escuro e outro da Lagoinha, ambos na região sul do município.

No mês de março, o boletim já apontava um caso positivo de Chikungunya, mas de um morador de Caraguatatuba que foi atendido na cidade. Atualmente, outros dois exames ainda aguardam resultado. Entre os principais sintomas da doença estão febre e dores nas articulações. Para um diagnóstico correto, é preciso procurar uma unidade de saúde para atendimento e coleta do exame.

Como prevenção, a Secretaria Municipal de Saúde alerta a população que é preciso intensificar o combate aos criadouros do mosquito, mantendo a limpeza frequente dos imóveis e caixas d’água, não deixando água parada em pneus, vasos de plantas, garrafas ou outros recipientes que possam permitir a reprodução do mosquito.

Ainda segundo a Vigilância Epidemiológica, Ubatuba contabiliza até hoje (23), 81 casos confirmados de dengue e nenhuma suspeita de Zika.

 

/* * VLibras */