Encontro entre Prefeitura de Ubatuba e Voa SP discute situação do aeroporto

Encontro entre Prefeitura de Ubatuba e Voa SP discute situação do aeroporto

Na tarde da última terça-feira, 22, representantes de várias secretarias da Prefeitura de Ubatuba se reuniram com o presidente da Voa SP, coronel aviador Marcel Gomes Moure, para falar sobre os projetos que a concessionária que administra o aeroporto Gastão Madeira tem para o local, assim como explicar procedimentos e providências para viabilizar a continuidade das ações.

Moure comentou sobre a proposta de reforma do aeroporto, exibiu algumas plantas das novidades e comentou sobre medidas externas ao projeto, como as reuniões executadas na parte da manhã, que envolveram Corpo de Bombeiros e representantes do Águia da Polícia Militar.

“O investimento só caminha se tiver em harmonia com a Prefeitura e os interesses da cidade. Antes de promover as melhorias, precisamos fazer o básico voltar a funcionar. A concessão é de trinta anos e o primeiro ano de obras será 2019. Vamos promover as melhorias operacionais junto à cidade e discutir prioridades do que realmente importa a ser feito”, explicou Moure.

Segundo ele, algumas das ações iniciais seriam providências com cerca, cabeceira da pista de pouso, iluminação/ balizamento noturno por demanda e operação de vôos regionais.

“Atualmente, os voos são ‘on demand’, porém, já foi constatado que existe uma demanda regional. Com medidas como segurança patrimonial, manutenção e limpeza dentre outras já citadas haverá, certamente, um crescimento pontual/ gradual de usuários e estrutura”, acrescentou o presidente.  Futuramente, o objetivo é aumentar o terminal e viabilizar a construção de hangares.

Além disso, o funcionamento desse tipo de vôo será uma alternativa para aqueles que querem fugir do engarrafamento ao visitar o Litoral Norte o que, inclusive, pode aumentar a demanda, principalmente, na temporada. “Conforme conversa com a concessionária, a intenção é que a ação gere tarifas atraentes para o transporte ser considerado como opção e gerar ainda mais economia e conforto ao usuário”, acrescentou o chefe de governo, Alessandro Palhares.