Poder Executivo

Prefeitura anuncia novo presidente para a Fundação de Arte e Cultura

Prefeitura anuncia novo presidente para a Fundação de Arte e Cultura

A partir desta terça-feira, dia 22, a Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart) está com um novo diretor-presidente: Luiz Antônio Bischof, de 72 anos, que assumiu o cargo deixado por Luís Carlos da Silva Frade, o Pixoxó, que atuará no gabinete da Prefeitura de Ubatuba a partir desta semana.

Bischof tem experiência como secretário Municipal de Turismo; presidente da Companhia Municipal de Turismo (Comtur); e diretor do Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares do Litoral Norte (Sinhores). É empresário do ramo de hotelaria e construção civil em Ubatuba.

“Estou assumindo hoje a fundação a pedido do prefeito Marcio Maciel e minha primeira ação será apresentar um plano de governo ao Conselho Deliberativo da Fundart, para que as propostas possam caminhar corretamente. A reunião com o conselho está agendada para acontecer nesta quinta-feira, dia 24”, explicou o novo presidente, afirmando que todas as propostas já foram conversadas e têm o aval do prefeito.

Assim que assumiu o cargo, Bischof já se encontrou com o setor financeiro da prefeitura para se inteirar sobre o orçamento da fundação para os próximos meses e também o valor previsto para 2024.

Entre as principais propostas que pretende colocar em prática está a mudança do setor administrativo da fundação para o prédio do Teatro Municipal, liberando o espaço da Praça Nóbrega para ampliação das oficinas e das atividades culturais. Resgatar a história da cidade também faz parte dos planos centrais do novo presidente.

“Pretendo solucionar urgente o retorno das obras de reforma do Museu Histórico de Ubatuba, no prédio da Cadeia Velha, para colocar novamente à disposição da população todo o acervo que atualmente se encontra guardado na sede da Fundart. Vou analisar as condições físicas dos prédios do teatro e do Casarão do Porto, propor melhorias para o projeto da Casa do Artesão, entre outras ações que dependem diretamente também do nosso orçamento e da aceitação do Conselho Deliberativo”, reforçou Bischof.

/* * VLibras */