Poder Executivo

Lançamento do projeto Ubatuba à Frente destaca geração de emprego e desenvolvimento do turismo

Lançamento do projeto Ubatuba à Frente destaca geração de emprego e desenvolvimento do turismo

Centenas de pessoas entre micro e pequenos empresários, pessoas físicas, representantes da Prefeitura e alunos da Etec compareceram ao Centro de Convenções de Ubatuba para prestigiar o lançamento do projeto Ubatuba à Frente – uma parceria entre Prefeitura, Sebrae-SP e Comtur, que vai oferecer cursos, oficinas e palestras gratuitas a micro e pequenos empresários sobre temas como vendas, finanças, marketing, inovação, planejamento e liderança.

Serão 80 empresas participantes dos segmentos de hospedagem, alimentação fora do lar, comércio varejista e beleza. Durante a programação, discursos destacaram a importância do projeto para a manutenção do saldo positivo de empregos na cidade e manutenção do combate à sazonalidade e promoção do turismo na cidade o ano todo.

Cerimônia

Na ocasião, foi entregue ao prefeito Mauricio Moromizato o atestado de município com a Lei Geral implementada – que criou condições favoráveis para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas na região, bem como foi assinado o convênio de parceria entre as instituições responsáveis pela realização do projeto.

José Lindolfo Candinho, presidente da Comtur (Companhia Municipal de Turismo de Ubatuba), agradeceu a presença de todos, principalmente aos empresários e aos que vão compor a parceria e, antes de suas palavras, fez um panorama sobre os avanços da Comtur desde 2013.

“Para que possamos melhorar, o ano passado, nós fechamos uma parceria com o Sebrae- SP com alguns cursos piloto e deu muito certo. Aí, nós ampliamos, inclusive com mais cursos como capacitação de mão de obra e gestão de lojas. Vamos assinar hoje a parceria desse ano, que teremos um leque de cursos muito grande. Peço que os empresários participem e nos ajudem a melhorar qualidade no atendimento ao turismo, que é o que a gente precisa para que Ubatuba seja lembrada sempre”, ressaltou Candinho.

Representando o presidente da Associação Comercial de Ubatuba – Aciu, Márcio Gonçalves Maciel, o diretor do órgão, Marcello Siani, parabenizou a iniciativa e falou sobre a expectativa da Aciu de que o empresariado local participe e utilize o conteúdo e falou do compromisso da instituição de contribuir com a divulgação do conteúdo do projeto aos interessados visando o fortalecimento do comércio ubatubense frente aos demais destinos turísticos.

O gerente do escritório do Sebrae de São José dos Campos, Rodrigo Matos do Carmo, afirmou que Ubatuba é uma das principais cidades da região que pertence à regional de São José dos Campos e elogiou os empresários do município, destacando que são participativos e estão sempre querendo melhorar a gestão. “Nós queremos dar um ‘banho de gestão’ nas empresas de Ubatuba. Vamos trazer o que o Sebrae tem de mais moderno para Ubatuba a partir das próximas semanas. Vai ter muita ação – a maior parte, para o dono e gerente, porque eles precisam ser exemplo dentro da empresa. Essa é a proposta”, destacou Carmo.

O prefeito Maurício Moromizato comemorou a parceria e a realização de um evento de empreendedorismo no município. Em suas palavras, ele comentou sobre a importância do apoio do Sebrae, reconheceu o esforço dos funcionários que trabalharam para implementar o projeto e ressaltou a implementação da legislação. “Dificilmente teríamos condições de fazer um evento desses se não tivéssemos uma empresa privada, com a maioria dos acionistas públicos – numa parceria entre Prefeitura, Sebrae, Comtur e empresários”, disse Mauricio. Ele complementou, falando sobre os índices positivos da geração de emprego no município, com um saldo de 545 oportunidades geradas, consolidando o maior índice do Vale do Paraíba. “Fica aqui além do registro, o agradecimento, porque isso não foi fruto de uma pessoa só e sim, do conjunto de empreendedores, empresários, de políticas que passou por divulgação na cidade, por melhor organização, por capacitação – com o Sebrae aqui agora”, concluiu.

Programação

Após a solenidade, o consultor de finanças do Sebrae-SP, Alexandre Garcia, fez uma palestra  sobre o atual cenário da macroeconomia brasileira e tendências e oportunidades de mercado para Ubatuba. Em seguida, os presentes conferiram um ‘talk show’ sobre vendas, gestão, inovação e sucesso com empresários de destaque em Ubatuba.

Depoimentos

Raoni Fernandes, do Grupo Fernandes, possui sete estabelecimentos em Ubatuba e como sua empresa é familiar, está há 60 anos no mercado. “Essa iniciativa é uma novidade e é muito importante, porque temos um grande problema de capacitação aqui. Quanto mais capacitado for o gestor, melhor ele vai conseguir se destacar no mercado que é tão concorrido”, compartilhou Fernandes.

Já o empresário Hugo Gallo, do Aquário de Ubatuba, reconheceu como fundamental a implantação do projeto. “A cidade é forte à medida que a economia funciona.  A Prefeitura está fazendo certo, que é ensinar a pescar, não é dar o peixe. A partir da capacitação de quem já é empresário e quem quer se tornar, a gente pode fortalecer a economia local, direcionar e, com isso, realmente melhorar a vida das pessoas”, disse Gallo.

Hugo Bosch possui uma lanchonete na praia da Maranduba desde 2009 e comentou que o apoio do Sebrae é fundamental. Ele, que já participou do Empretec, diz que a orientação evita que o empresário cometa alguns erros na gestão do dia- a –dia. “Hoje o mercado competitivo exige um diferencial no atendimento, na qualidade do produto na logística e no espaço físico. Segmentar o seu comércio é um dos segredos de sucesso”, pontuou Bosh.

A dona de um Pet Shop da cidade, Caroline Rosa Diniz, disse que adorou participar do evento e que o conteúdo vai ajudar muito na organização do seu empreendimento. “Temos que dar atenção aos clientes, principalmente aos que vem de fora. Com certeza, com a iniciativa vai melhorar bastante e fazer a gente se realinhar, porque com o passar do tempo a gente estaciona”, confessou Caroline.

Já Fernanda Oliveira da Costa veio para pesquisar o mercado da cidade. Ela tem uma loja de roupas e acessórios na capital paulista há dois anos, mas está em busca de outra cidade para começar um empreendimento e ter mais qualidade de vida. “Achei bacana o evento porque a maioria dos pequenos empresários não tem muito conhecimento dos assuntos abordados. Eles vão passar toda uma base, que quem não tem não consegue levar o negócio à frente, ainda mais com essa crise”, frisou Fernanda.

Futuro

Álvaro Gonçalves é coordenador do curso de tecnologia da informação da Etec Ubatuba e levou seus alunos para participarem do evento. Segundo ele, os professores da Etec sempre procuram proporcionar aos estudantes experiências fora de sala de aula, porque é uma integração do estudante com o meio profissional real. “A questão do empreendedorismo é fundamental. Porque hoje entendemos que o empreendedor não é simplesmente um empreendedor que tem um negócio ou uma microempresa própria, mas alguém que pode empreender na empresa onde trabalha. Colocar essa consciência no público que está chegando agora no mercado é essencial”, afirmou Gonçalves.

Funcionario
/* * VLibras */