Poder Executivo

Início da operação de novas ambulâncias amplia o transporte de pacientes

Início da operação de novas ambulâncias amplia o transporte de pacientes

Desde o início de março, já estão em operação as três novas ambulâncias adquiridas pela Prefeitura de Ubatuba e entregues no final de janeiro. Com isso, a capacidade de transporte diário de pacientes acamados e não-acamados subiu de 140 para 150.

No total, são cerca de 4.000 pacientes transportados mensalmente, considerando os transportes de pacientes de hemodiálise feitos aos sábados e dos que recebem alta aos finais de semana, internados tanto na cidade de Ubatuba quanto fora.

O transporte organizado pela Secretaria Municipal de Saúde leva pacientes para consulta ou tratamento em diversas cidades, entre elas, Bauru, Barretos, Campinas, Ribeirão Preto, São Paulo, Sorocaba, além de todas do Vale do Paraíba.

A qualidade do transporte e do atendimento humanizado de pacientes acamados ou em estado mais frágil foi reforçada com o trabalho de Débora Muros Tavares, que presta apoio aos pacientes no processo de altas, faz visitas domiciliares de acompanhamento, reagendamento de consultas em caso de imprevistos com o transporte, entre outras atividades.

“Trabalho há 20 anos na saúde de Ubatuba e nunca o atendimento esteve tão bom. Tudo melhorou: carros, atendimentos, equipe ampliada que é fundamental para dar atenção e tempo ao paciente. Está maravilhoso. Agora tem o desafio de melhorar a infra-estrutura de trabalho”, conta Débora.

A chegada das novas ambulâncias permite também que as mais antigas possam passar por serviços de manutenção. “Antes, esse trabalho regular era praticamente impossível, dada a quantidade de transportes diários”, explica Filadelfo Rofino, diretor de transportes da Secretaria de Saúde de Ubatuba.

Funcionario
/* * VLibras */