Poder Executivo

Ubatuba implanta Projeto Lixo Zero em duas escolas do município

Ubatuba implanta Projeto Lixo Zero em duas escolas do município

Na manhã desta quinta-feira (7), a Secretaria de Educação de Ubatuba definiu as duas escolas pilotos no município que devem implementar o Projeto Lixo Zero, buscando obter a certificação Lixo Zero por meio de uma metodologia específica e planos estratégicos adequados que visam a redução de geração de resíduos e o máximo aproveitamento dos recicláveis e orgânicos.

Na EM Renata Castilho, no Saco da Ribeira, foi firmada uma parceria com o projeto Ribeira Viva para viabilizar a iniciativa; já na EM Manoel Inocêncio, no Sertão do Ubatumirim, serão duas instituições:  Ubae Consultoria Ambiental e Euro Ambiental.

Por meio do programa, serão promovidas ações de educação ambiental, coleta seletiva, oficinas, palestras, instalação de composteira entre outras que vão capacitar alunos e professores, que se tornarão multiplicadores de conhecimento na comunidade escolar.

“Encaminhamento adequado de resíduos, produção de (no máximo) 10% de rejeitos, (restos que não podem ser reutilizados ou reciclados), contabilizado após medição do lixo atualmente produzido estão entre os objetivos da parceria”, explicou o responsável pela Educação Ambiental no município, Roberto Francine.

“A ideia é que a comunidade, no entorno da unidade escolar, também participe das ações, criando um ciclo virtuoso de reuso e reciclagem nas casas e comércios ao redor, minimizando o que é destinado ao transbordo, diminuindo gastos e os resíduos jogados nas ruas, praias etc. colaborando com a melhoria da qualidade de vida na cidade”, acrescentou Francine.

ODS- Agenda 2030

A ação vem ao encontro dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, que tem a finalidade de contribuir para a qualidade de vida da sociedade, promovendo a agenda 2030 da ONU que é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade, que busca fortalecer a paz universal.

O foco principal está alinhado com o 12º item, que busca assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis e tem como meta reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso até 2030,

Na Marina Píer do Saco da Ribeira, que é pública, administrada pela Fundação Florestal, já está sendo construída uma estrutura para a recepção de materiais a serem reciclados, que poderá ser utilizada por toda a comunidade local e pelas comunidades isoladas.

 

/* * VLibras */